quarta-feira, 4 de abril de 2012

Procura

Aquele que acredita no sistema diz:
Temos que não consumir o caro!
O anarquista diz:
Temos que compartilhar!
A mulher diz:
Eu quero.
Alguém responde:
Eu sou.
Há o amor que é sincero
em face do que sobrou.
O visionário prefere morrer
e o homem de ação sobreviver.
Assim, somem filósofos,
enquanto os inocentes não sofrem jamais.
Assim condescendentes
como o carrasco à voz
que executa;
como o amor dado em permuta.
Por tudo o que sofreu
o ser mais humilhado
e por tudo aquilo que viveu
o Rei mais exaltado.
E por toda a clave
e todo tição,
toda a saliva
e todo quinhão,
Hei de usar minha palavra
em busca da compreensão.


Fabiano Martins

4 comentários:

  1. Saudações quem aqui posta e quem aqui visita.
    É uma mensagem “ctrl V + ctrl C”, mas a causa é nobre.
    Trata-se da divulgação de um serviço de prestação editorial independente e distribuição de e-books de poesia & afins. Para saber mais, visitem o sítio do projeto.

    CASTANHA MECÂNICA - http://castanhamecanica.wordpress.com/

    Que toda poesia seja livre!
    Fred Caju

    ResponderExcluir