terça-feira, 8 de novembro de 2011

Ambos

Fale-me do mundo,
dessa terra barrenta
embaixo dos teus pés. -

Eu não sei o
que me dá,
se é remédio
o que me diz
que ainda assim
devo tentar
ser semente e raiz.
Rogo ao céu
rispidamente,
eu,
niilista e cristão,
sempre
inocentemente,
sempre a carne
e o carvão.


Fabiano Martins

17 comentários:

  1. Sim, somos todos niilistas e cristãos...
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Recomeçar. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Marcell,
    Obrigado!

    Malu,
    Sim, acho que somos mesmo.
    Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom mesmo, assim como todos os seus poemas, querido. Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Quantos " EUS" existem dentro de " Nós" ?

    Abs

    ResponderExcluir
  6. Obrigado, Natália!
    bjs

    Vento da Noite,
    Infinitos. E todos pertencem ao mesmo lugar.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Passei pra te desejar um dia maravilhoso e para agradecer todas as vezes que você carinhosamente esteve visitando meu blog.
    Espero que volte em breve...

    Beijos
    Ani

    http://cristalssp.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. desculpe minha ausência.

    fui internada e operada.

    agora em repouso obrigatório, cá VOltei, e continuo a seguir seus escritos que saem do fundo da sua alma

    abraço

    ResponderExcluir
  9. Analuz,
    Obrigado pela visita! Desejo um bom repouso e que volte logo a estar 100%
    bjs

    ResponderExcluir
  10. ...da poeira, da carne, dos sabores e vivências particulares que nos tornam niilistas e cristãos...é - Que beleza de poema, Fabiano!

    ResponderExcluir
  11. Jaci,
    Quanto tempo!
    Obrigado pelo comentário.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Parabéns!

    Gostei muito do seu site!
    Seguindo!

    Ainda não conhece o meu site? então acesse
    http://saralupeti.blogspot.com/

    E Descubra o meu mundo

    " O Mundo de Sara Lupeti"

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Que é feito de ti? Fizeste gazeta? Bora escrever que tou esperando! Beijo.

    ResponderExcluir
  14. A inspiração é fugidia.
    bjs e obrigado pelo incentivo!

    ResponderExcluir