quinta-feira, 5 de julho de 2012

Aqui

Aqui está a dor - ela te fará sofrer.
Poderá pensar, e, por isso, há de clamar,
há de chorar,
de não entender...
aqui estão teus olhos - só enxergarão parcialmente.
Aqui está tua cabeça, tuas deturpações,
tua mente.
Tua pequena prisão ressurtida
entre as coisas ouvidas
e aquelas que sente.
Aqui estou Eu.
Eu sou Verbo.
Premente.
Aqui está teu paraíso,
tua noção de gosto,
teu modo impreciso, teus aforismos,
teus apostos.
Aqui está teu egoísmo,
teu ódio, teu suplício.
Aqui está o que não vai poder entender.
Aqui estou Eu.
Eu 
sou 
Verbo.
Eu sou você.


Fabiano Martins.

9 comentários:

  1. He venido a quererte, a que me digas tus palabras de mar y de palmeras. (Carmen Conde)
    ¡FELIZ VERANO!
    Un beso desde mis Amanteceres.

    ResponderExcluir
  2. Profundo... somos os poemas que escrevemos, mais do que pensamos. Ou será que o poema fala de Deus? Bem, fico com minha primeira interpretação. Ficou lindo.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Bom blog o seu, já o sigo!
    Visite o meu e conheça o melhor sistema de fazer dinheiro online!
    Assim como a maioria das pessoas, sempre fui céptica em relação a formas de ganhar dinheiro online, e acredito que por uns paguem os outros, porque realmente há sistemas que valem a pena.
    Visto estar desempregada e a precisar desesperadamente de dinheiro, depois de muita pesquisa onde só encontrei testemunhos positivos, lá me convenci a registar e experimentar os 10 dólares iniciais que nos oferecem! Esse registo aconteceu em Março 2012 e hoje já ganho cerca de 20 dólares diários e sei que vai ser sempre a subir!
    É um sistema excelente e real, já levantei algum dinheiro e recebi-o todo certinho, mesmo por isso deixo aqui o meu testemunho para convidá-lo a conhecê-lo e a experimentar também!
    Assista às conferências, fale comigo, tire todas as suas dúvidas, basta visitar o meu blog em http://artedomeubemviver.blogspot.pt/
    Até já!

    ResponderExcluir
  4. Eu sou o que escrevo. Não gosto muito de comentar o que os outros escrevem, prefiro apenas dizer se é ruim , ou é bom, portanto, digo que gostei.
    um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Lindissimo, atrevo-me a dizer que é das poesias mais bonitas que li nos últimos tempos.
    Certamente é o que escreve, e se escreve assim tão delicadamente é uma pessoa terna, é um verbo cheio de esperança, força e amor.

    ResponderExcluir
  6. Todos os d'euses
    em ti
    em mim

    Muito bom!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Amanteceres,
    Obrigado pela visita.
    bjs

    Ana,
    A interpretação é livre.
    bjs

    Marisete,
    Obrigado!
    abraço

    Carina,
    Fico feliz! Obrigado!
    bjs

    Marlene,
    Obrigado!
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Deu vontade de ficar de pé e te aplaudir! De verdade!

    Lindo mesmo!

    Abraço

    ResponderExcluir