quinta-feira, 9 de abril de 2015

Artificial

Tanta casca, tanta cápsula:
este alvéolo de comprimido, 
este medo pós terapia.
Des-Casca.
Tira dessa nuvem branca e fria o foguete quente 
e retira das garrafas de refrigerante
razão;
e as cordas de um violino,
que tange invisível canção,
des-Afina, afrouxa.
Esgota
toda a tecnologia.
Isola o fator humano
- princípios, feitos, feitios -
tente achar definição.
Fora o que éramos: o que somos.
Fora toda compreensão.
Isola o fator humano, da verve subConsciente
que pulsa inaudível
o coração.


Fabiano Martins

Um comentário: