terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Humanos

Eles sabem que se movem,
sabem de sua condenação,
sabem de seus medos
e de sua graduação.

Eles sabem que sentem dores.
Muitos sabem que olvidarão.
Coisas que hoje lhe são importantes
Amanhã,
não mais serão.

Eles esquecem seus saberes
e desrespeitam sua oração;
São esquecedores de amanheceres
apregoadores da razão.

E mesmo sabendo das coisas, analisando-as com devoção, -
contabilizado suas experiências enquanto digerem a massa do pão, -
Não percebem dos seus saberes a mais óbvia implicação:
que o amor é importante
e que a vida é um avião.


Fabiano Martins

3 comentários:

  1. Humanos são humanos
    Essa raça que que age por impulso
    E sofre sem querer.

    ResponderExcluir
  2. Anderson,
    Obrigado. É isso mesmo.

    Fred,
    Valeuzão, então!
    Abraço

    ResponderExcluir